sexta-feira, 28 de setembro de 2007

SIC Nãotícias

Por falar no "País que temos", fica aqui mais um caso flagrante de falta de senso que prospera entre nós e que eu não esperava de um orgão como a Sic Notícias. Afinal de contas não é um canal generalista, não é bem a mesma coisa do que os jornais da Sic ou da TVI. É suposto passarem notícias e não serem notícia.

O caso é de fácil explicação e não tem duas interpretações possíveis, ao contrário do que a Sic agora tenta fazer, com uma campanha de contra-informação e branqueamento de um comportamento no meu entender vergonhoso.

Então cá vai:

A Sic Notícias convidou o Santana Lopes para uma entrevista, em directo, acerca das eleições para a liderança do PSD. Até aqui tudo bem, nada de excepcional, perguntas de um lado, respostas do outro, tudo normal.
O mais extraordinário é que a meio, param a entrevista e pedem ao entrevistado para esperar um pouco pois nesse momento querem passar as imagens em directo da chegada a Portugal do Mourinho...

Reparem que ele nem ia dizer nada, o mais provável era nem o verem... se fosse o D. Sebastião, ainda concebo que fosse importante, agora o Mourinho?!? Interrompem uma entrevista com uma não-notícia? É que já toda a gente sabia que ele vinha nesse dia, já se sabia até quanto ia receber por estar parado... qual era a notícia?

O Santana fez então algo que só podemos achar correcto. Deixou acabar a importante notícia, deu um sermão à jornalista, e foi-se embora!

Reparem que se fosse eu, o mais certo era ter saído logo na hora, mas isso não ia abonar em seu favor, e poderia ser "massacrado" pelo seu abandono de cena, assim, ele marcou a sua posição e ganhou o apoio de muita gente (incuindo o meu).

Claro que o canal de Notícias tenta agora distorcer aquilo que muitos presenciaram em directo.
Para quem (como eu) não o pôde fazer, fica aqui um vídeo esclarecedor.

2 comentários:

Anónimo disse...

GANDA SANTANA LOPES!

pedro coimbra disse...

Não sei se repararam na má educação da jornalista: nem sequer pediu desculpa por interromper o ex-Primeiro-Ministro de Portugal, nem antes da chegada do Mourinho, nem depois. Aquilo que não se vê neste vídeo é a lamentável tentativa de branqueamento desta situação que a SIC tentou nos dias seguintes, como se o Santana Lopes se tivesse zangado sem razão: 1º, ele nem sequer parece zangado; 2º, se estivesse zangado tinha todas as razões e mais um par de botas. É assim que o país avança!