sexta-feira, 15 de junho de 2007

Dor de dentes

Estou com dor de dentes... e deve ser das piores coisas que deve haver (meninas, excusam de vir com as dores de parto tá?), ficamos com metade da cara "apanhada" e é uma coisa que mexe com tudo, sobretudo com os nervos. É como quando estamos deitados no sofá, numa noite de verão, e há uma mosca que insiste em passear sobre a nossa pele desnudada e tentamos resistir a enxotá-la, mas mil vezes pior e nem sequer vale a pena tentar enxotar quando estamos fartos... simplesmente não vai embora assim.

Como os meus Ben-u-ron acabaram, tentei arranjar remédios "caseiros" para remediar isso e não posso deixar de achar que encontrei algumas coisas interessantes:

1ª solução:
Para acabar com a dor de dentes, no mesmo momento, fervem-se alguns frutos de eucalipto (aquelas campânulas que caem dos eucaliptos, tal como as folhas).
Junta-se uma colher de sopa de vinagre a meio copo desta infusão (dos frutos do eucalipto), ainda quente (bem quente mas sem escaldar) e bochecha-se
.

A dor desaparece, de imediato!

Este parece-me muito bem, tem todos os ingredientes para dar certo... ou ficamos sem dor, ou ficamos sem boca. É o ideal, juntar uma dor de dentes, a um "chá" de frutos de eucalipto e vinagre "bem quente, mas sem escaldar"... se lerem o texto todo avisa que não se pode beber por ser tóxico e que se estiver muito quente queima a boca, mas no dia seguinte passa...

Acho que não vou tentar este!
Texto completo aqui

2ª solução:
Dissolva uma quantidade suficiente de sal marinho não refinado em água morna (temperatura do corpo) para preparar uma forte solução e lave a sua boca com ela (por meio de bochechos), permitindo que a água salgada percorra toda a boca de forma vigorosa (se a dor permitir) ou apenas permitindo que a salmoura aja em sua boca( ela provocará ensalivação).
(...)
Repita o processo de lavagem e bochechos com salmoura – até mesmo durante vários dias, no caso de a dor voltar ou não cessar por completo – tantas vezes quanto necessário.
(...)
Não aconselho o uso de sal refinado para a preparação da solução salina, ou salmoura, principalmente se ele contiver traços de alumínio.

Mais uma grande receita, desta vez pelo menos os "meninos da cidade" sabem do que se está a falar... sal sabem de onde vem, do continente ou do jumbo, em saquinhos embalados pelo sr. Vatel, agora eucaliptos??? Que raio de coisa é essa? Diz que dá frutos, mas nunca os viram à venda...
Voltando à receita, desta vez a água só precisa de estar morna (menos mau), e o processo é o mesmo, bochechar... tantas vezes quantas forem necessárias... de certo que isto é prático no escritório.
Mais uma vez, se lerem tudo, tem um aviso de que o sal nas gengivas pode ser mau... mas até aí também eu já tinha chegado.
Texto completo aqui

3ª solução
Em 1 xícara de chá coloque 1 colher de chá de cravo e água fervente. Abafe por 10 minutos e coe. Faça bochechos três ou quatro vezes por dia. O cravo-da-índia tem alta concentração de eugenol, uma substância analgésica.
Contra-indicações
: Remédios à base de cravo nunca devem ser usados por mulheres grávidas, pois provocam contracções uterinas.



Voltamos a uma receita simples, o mesmo bochechar, mas não podemos estar grávidos... ok, disso não corro perigo, mas o cravo-da-índia compra-se onde? Se ainda fossem rosas ou coisas coloridas que piscam... agora cravo!?!
Texto completo aqui

A conclusão a que cheguei é que se quero ficar aliviado da dor de dentes, tenho de ir à farmácia na hora de almoço... buscar Ben-u-ron!

9 comentários:

Ricardo Carvalheiro disse...

O ben-u-ron não é esencilmente um antipiréctico, tb serve de antibiotico mas nao é o seu principal efeito.

Se kiseres k a dor de dentes passe tens de comprar um ANTI-INFLAMATORIO vai te normalizar os movimentos da boca, e para as dores compra um BRUFEN OU IBUPROFENO.

O primeiro toma-se a seguir ás refeico~es e o ultimo de 12 em 12 horas durante 2/3 dias.

Vais ver k a dor de dentes passa.

Quanto às receitas caseiras....não há milagres !!!!!!!!!!!!

Há sempre a possibilidade de o efeito placebo melhorar a situação...ou não....

FoRNeiRo disse...

Obrigado pela explicação. Tenho tomado ben-u-ron porque foi o que a minha dentista receitou à uns tempos, mas na altura foi junto com um antibiótico.
Passei na farmácia e também me disseram o mesmo e voltei com uma caixa de "Nurofen", Ibuprofeno 200mg.

2 cápsulas de 8 em 8 horas. Cápsulas moles, coisa catita, as outras custavam mais a engolir... quando as fizerem a saber a tremoço :)

Pilão disse...

hummmmm, acho que me enganei de blog!
mas já que estou na secção de medicina aproveito para te dar o meu conselho...
Acho que se beberes uns finitos isso passa, mas caso a dor continue, faz acompanhar os finos de Tremoços, em ultimo caso amendoins (pros mais corajosos)!!!!
É remédio santo!!!! e não contém placebos!, ouvi dizer algures que isso faz mal á saúde...

Anónimo disse...

António....Amori! E ir ao dentista, não? Doido...
Candy!

Ricardo disse...

Experimentei o de "frutos de eucalipto" o de sal nao refinados.. e é tudo uma valente TRETA.. NADA passou, é que nem ligeiramente. O de "frutos de eucalipto" até me ficou a doer mais, ou melhor MUITO mais.

nokia-apps disse...

o sal refinado resulta

Carlos disse...

Existe uma droga que se chama SPIDIFEN 600mg é um pó que em 5 minutos a dor de dentes passa. Convem ler o papelinho mas é uma maravilha para quem tem dor de dentes.

ana filipe disse...

já meti cravo e alho esmagado e pra já passou-me a dor o alho é um dos mais poderosos antibiotico k a natureza nos dá e deu resultado mas tudo é na altura o melhor sem duvida é o dentista !!kisss

Anónimo disse...

sim concordo mas melhor ainda é não ter as dores hehe