terça-feira, 22 de julho de 2008

Reflexões de papo ao sol


Nestas últimas 2 semanas tenho ido amiúde (palavra que se estreia finalmente neste blog depois de duzentos e tal posts) à praia e tenho visto algumas coisas que me deixam... a pensar em coisas que acho que devo escrever...

1- Há menos gente na praia, os exames, os preços dos combustíveis, a conjuntura internacional, e o arquivamento do caso Maddie (alguém esperava mesmo outro resultado?) não explicam tudo porque afinal de contas o verão só agora realmente começou e os "praieiros" deviam estar todos cheios de saudades da areia na virilha e deitadinhos a torrar ao sol por esta altura... tenho para mim que a culpa é do Socras outra vez...

2- O mar está pior do que nos outros anos, mais frio e mau como as cobras... tomar banho esquece, molhar os pés já é sacrificio quanto baste... o governo deveria intervir, se têm tempo para andar a chatear os vendedores de bolas de berlim, bolacha americana e outros acepipes próprios da praia (tais como relógios e óculos de sol dos marroquinos) também deve ter para nos proporcionar férias nas praias locais, já que é quase impossível de ir para destinos mais propícios a outros mergulhos... Socras you did it again...

3- A Bandeira Azul obriga que seja proíbida a existência de edifícios com materiais outros que não madeira.
De acordo que a praia até pode ficar mais bonita, mas se em vez de 3 bares concessionados se passa a ter apenas 1, situado numa das pontas da praia, sem chuveiros para "tirar o sal", onde é preciso pedir a chave para se usar o WC, e que é o único ponto onde se podem alugar barracas e comprar gelados sem ter de sair da praia... deixando todo o resto do areal sem esse tipo de valências parece-me, vá-lá... que sabe a pouco... e sim, eu sei que existe a biblioteca de praia, com WC e chuveiros, mas não é de modo algum suficiente para aquilo que a praia merece.

Outra coisa engraçada... que diriam os srs da bandeira se vissem que o material dos nadadores salvadores está guardado num contentor metálico... em cima do areal?

2 comentários:

kspy disse...

completamente de acordo forneiro ;)

se eu fosse um habitante da Tocha, dire-te-ia: "dêem-nos a independencia!!" :D

não sou mas sinto-me como tal, a Tocha sempre foi a minha praia de eleição na medida em que ia de encontro ao verdadeiro conceito de fazer praia. sol, areal limpo, sem rajadas de areia a 100km hora, agua limpa a uma boa temperatura, os bares, os magnificos campos de jogos, as redes de volley sempre tão bem frequentadas :), as bolas de berlim, as bolachinhas...

muita coisa se perdeu em detrimento de uma bandeira de cor azul. diria que preferia uma bandeira vermelha mas ter a praia como antes :P

ah! reabram o in. ausencia completa de noite!! a tocha está a caminhar a passos largos para uma estância balnear dos lares e centros de dia da regão centro. um destes dias estava confortavelmente instalado na esplanada a ler o meu jornal eis senão quando estacionam à minha frente 5 (CINCO) autocarros carregados de velhinhos vindos de paços de ferreira. bem... a mocinha que os vinha a guiar era uma loirinha simpática com uns bonitos olhos azuis e uma prateleira de sonho :D

entretanto espero pelo forneiro com uma grade de pequeninas freskinhas na esplanada.

aquele abraço

Liliana disse...

Eu já te disse para que praia te devias mudar...
Mas... shhhhh! É segredo!